Gracie Barra Brasil

Jiu-Jitsu for Everyone
Gracie Barra wear
Search

GB Entrevista: Inácio Neto – O mais novo faixa-preta GB

Em uma luta independente de qual faixa seja vai sempre ganhar quem estiver mais preparado e quem colocar o coração em jogo é nisso que eu acredito.” gb_entrevista-01

Inacio Neto, o mais novo faixa preta da GB tem encontrado no Jiu-Jitsu a alegria de viver e de representar a família GB no cenário esportivo mundial. Uma pessoa muito querida e amiga para todas as horas, este guerreiro carrega dentro de si um sonho… Carregar o título de campeão do mundo.

Para isso Inácio não tem medido esforços… Já foi diversas vezes medalhista nos torneios da IBJJF e continua sempre treinando muito, mesmo! Treino técnico, treino para competição, preparação física, musculação, wresting… UFA! Confira a seguir a entrevista que fizemos com o nosso guerreiro.

1- Quando você começou a praticar Jiu-Jitsu?

Tudo começou no ano de 2000 quando um amigo me chamou para assistir ele treinar e tudo aquilo parecia bem interessante porque sempre gostei de esporte de luta e o jiu jitsu naquela época ganhava bastante fama por ser o esporte mais comentado da atualidade.

2- – Conte um pouco da sua historia.

10336591_707685185943879_1222637198238190421_nEu já tinha feito vários esportes como judô, capoeira, karate, futebol e etc.. Mas todos eles não passaram de tentativas frustadas porque meu objetivo era perder peso pois eu me sentia muito mal por ser uma criança gordinha. Comecei a treinar com 12 anos e eu era a única criança que treinava jiu-jitsu na academia aonde eu comecei então demorei um pouco para poder evoluir pelo fato de ser o menor e gordinho, então eu sempre ficava por ultimo para treinar. Através do jiu-jitsu encontrei um novo estilo de vida, ganhei uma família e me tornei uma pessoa melhor através da filosofia que o esporte e o meu professor me ensinou no decorrer dos anos.

3- Em relação as competições, quando começou o interesse em competir?

O jiu-jitsu no meu estado tem apensas 20 anos e pela falta de incentivo e outras dificuldades que encontramos no Brasil eu demorei um pouco a querer competir profissionalmente. Logo antes de terminar a minha faculdade eu já tinha certeza do que eu eu realmente queria. Então comecei a focar nos treinos mais intensos, preparação física, me alimentar melhor, abdicar de algumas coisas que pessoas normais da minha idade tem costume de fazer, aí  não parei mais. Comecei a competir praticamente todos os meses e aquilo foi tomando conta de mim até que um dia eu falei: é disso que eu quero viver.

4- Como é a preparação para os torneios?

Eu acho que não existe segredo para quem quer ser campeão tenho a certeza que com foco, dedicação e trabalho duro tudo é possível. Sempre procuro treinar muito jiu-jitsu me colocando em situações de dificuldade para que eu possa estar apto as situações de perigo, eu sou muito disciplinando com a preparação física e com a dieta também e sempre procuro estar competindo todos o torneios possíveis para estar sempre preparado para a guerra.

5- Recentemente você recebeu a faixa-preta, o que isto significa para você?

IMG_0770A faixa preta é o começo de uma nova jornada que se inicia e eu sei que agora a caminhada  fica mais árdua mas isso não me impedirá de realizar os meus sonhos, me considero preparado para a missão que foi dada e tenho a certeza que farei o melhor para poder sempre representar a Gracie Barra da melhor forma possível.

6- Costumo ouvir por ai que na preta as coisas são mais difíceis, afinal todo mundo ali é bom. E ai esta preparado?

No jiu-jitsu hoje todo mundo treina muito para estar entre os melhores e comigo não vai ser diferente, sei que agora tudo ficará mais difícil e nem por isso vou me diminuir diante da dificuldade. Não me considero um cara diferenciado mas me considero um lutador que luta sempre com o coração e é isso que faz a diferença. Em uma luta independente de qual faixa seja vai sempre ganhar quem etiver mais preparado e quem colocar o coração em jogo é nisso que eu acredito.

7- Quais os planos para 2015?

Graças a Deus sempre tive a sorte de ter muitas pessoas boas ao meu lado e com os ensinamentos  aprendi que  nem só de competição vive um atleta até porque uma hora vamos colocar o foco em outras prioridades como dar aula e abrir uma escola. Tenho o sonho de ser campeão e vou lutar pra isso quero treinar muito e poder competir tudo como sempre fiz mas quero também me profissionalizar e me capacitar para progredir também como professor e um dia como empreendedor batalhando para manter o legado vivo.

8- maiores mudanças que o jj trouxe para a sua vida?

O esporte me fez uma pessoa confiante eu sempre acredito que o melhor vai acontecer o jiu-jitsu me concedeu a oportunidade de conhecer as melhoras pessoas que eu já tive o prazer de conhecer nessa vida, já viajei para muitos lugares que jamais imaginei e a Gracie Barra para mim não é só a minha equipe é a minha família e eu sou muito grato por tudo isso.

9- Deixe aqui dicas para aqueles que querem iniciar no Jiu-Jitsu.

10444762_707517389293992_5454968891639990545_n-300x300Com certeza o jiu-jitsu é o melhor esporte do mundo aonde seu corpo e sua mente andam juntos, um esporte sem limitações é isso que pregamos o jiu-jitsu para todos. Aonde podemos relacionar inúmeros benefícios que ele nos proporciona. Não perca tempo e procure logo uma escola Gracie Barra mais perto de você.

10- Deixe aqyu dicas para aqueles que querem competir no Jiu-Jitsu.

A  competição é uma diversão nunca trate ela como uma obrigação ao se inscrever em um campeonato procure estar preparado pois a diversão é garantida.

Deixe uma resposta