Gracie Barra Brasil

Jiu-Jitsu for Everyone
Gracie Barra wear
Search

Cuidar da Mente é Jiu-Jitsu: As virtudes de um faixa preta

Chegar aonde muitos sonham estar. Ter na cintura a graduação mais cobiçada das artes marciais. Ser respeitado com um simples olhar. Afinal o que a faixa preta trás para a vida de um amante da arte suave?

Na verdade, quando uma pessoa veste o kimono pela primeira vez, o caminho rumo à  black belt e uma nova vida são iniciados. Trata-se de uma fase de aprendizados, onde os erros ensinarão mais que os acertos e as vitórias serão motivo para continuar em frente.

A cada lição, seja ela positiva ou negativa, uma nova virtude é lapidada. Elas serão responsáveis pelo crescimento interior daqueles que se tornarão referência para diversos alunos em seus respectivos dojôs.

“Ter conhecimento consiste em ter consciência tanto de conhecer uma coisa, quanto não conhecer. Este é o conhecimento.”

Antes de lutar, competir, um black belt deve saber agir como um verdadeiro sensei. A cada passo uma graduação e com ela a necessidade de semear as virtudes que o transformarão de um simples praticante da arte suave em um ser que vive a marcialidade do bjj. Essas virtudes constituem a diferença entre ganhar e se tornar faixa preta. São elas:

Paciência: Controlar a ansiedade, saber ouvir, ensinar e repetir quantas vezes forem necessárias, sem perder o equilíbrio psicológico. Não se nasce com paciência, cultiva-se todos os dias e a alimenta com a experiência de viver um dia de cada vez.

Benevolência: Demonstrar compreensão e boa vontade para com a outra pessoa. Ensine alguém a como ensinar pelo exemplo.

Honra: Ter boa conduta baseada nos valores morais e éticos da equipe.

Civilidade: respeitar a todos ao redor, dentro e fora do ambiente esportivo.

Deixe uma resposta